O futuro das cidades é tema do I Congresso Internacional de Paisagem Urbana

congresso

Como recuperar os espaços públicos das cidades para o convívio de seus moradores, tornando as áreas urbanas menos hostis e mais saudáveis? Esta e outras questões estarão no centro das discussões da primeira edição do Congresso Internacional de Paisagem Urbana, que será realizado nos dias 7 e 8 de dezembro de 2015, em São Paulo.
Para debater os vários enfoques desse tema foram convidados especialistas em urbanismo de metrópoles brasileiras, européias e latino-americanas. A ideia é trazer propostas de soluções urbanísticas encontradas por cidades brasileiras e de outros países que possam ser úteis aos gestores de municípios de todos os portes.

Voltado para profissionais que atuam na área de urbanismo, mobilidade, habitação, ambiente e do setor governamental, entre outros, o Congresso está com as inscrições abertas, que podem ser feitas pelo site www.icoul.org. As vagas são limitadas.

 

O I Congresso Internacional de Paisagem Urbana foi idealizado pela arquiteta e urbanista Regina Monteiro, mentora da Lei Cidade Limpa em São Paulo e presidente da ONG Instituto das Cidades.

 

Com essa Lei, a maior metrópole do Brasil tornou-se referência mundial em ordenamento e regulamentação da paisagem urbana. No evento, Regina abordará a gestão da lei, desde a articulação entre os vários setores da sociedade para garantir a aprovação na Câmara Municipal, até sua implantação e fiscalização.

PALESTRANTES
Responsável pela campanha “Barcelona, posa’t guapa” (Barcelona, ponha-se bela), que fez profundas transformações na paisagem da capital da Catalunha às vésperas da Olimpíada de 1992, o espanhol Ferran Ferrer Viana é um dos palestrantes do evento.

 

A campanha transformou Barcelona em ponto turístico e referência arquitetônica internacional. Foram reformuladas mais de 5 mil fachadas de imóveis. Viana foi gerente, de 1985 a 2001, do Instituto Municipal de Paisagem Urbana e Qualidade de Vida, que preparou a cidade para os Jogos Olímpicos de 1992.

A Espanha terá mais dois especialistas em paisagem urbana representados no Congresso. Santiago Uzal Jorro, professor nos programas de mestrado em Gestão das Cidades e de pós-graduação em Gestão e Ordenamento do Território na Universidade Aberta de Catalunha (UOC), e Teresa Sandoval, que integrou o Conselho Municipal de Barcelona (1995-1999), quando criou e presidiu o Instituto da Paisagem Urbana.

CIDADES LIMPAS
Outro destaque é a arquiteta e urbanista Claudia Grangeiro, do Rio de Janeiro, que atua como assessora da Empresa Olímpica Municipal na preparação da cidade para a Rio 2016.

Dois defensores da implantação da Lei Cidade Limpa em seus municípios participarão do Congresso. Como vereador, Marcelo Palinkas presidiu comissão na Câmara Municipal, cujos estudos resultaram na formulação da “Lei Cidade Limpa”, que está em vigor em Ribeirão Preto.

Fortaleza (CE) não teve a mesma sorte. Na Câmara Municipal, Deodato Ramalho foi autor do Projeto de Lei 15/2013 (“Lei Cidade Limpa” de Fortaleza), que chegou a ser aprovado por unanimidade, mas foi vetado pela administração municipal.

A experiência de Bogotá (Colômbia) será trazida por Diana Wiesner, fundadora e diretora da Fundación Cerros de Bogotá. Ganhadora de vários prêmios internacionais de arquitetura, Diana planejou mais de 245 hectares de espaço público.

Lima será representada pela arquiteta e urbanista Sara Madueño, que trabalha para a prefeitura da capital peruana no setor de Desenvolvimento Urbano.

O Congresso trará ainda o italiano Roberto Zancan, professor do Istituto Universitario di Architettura di Venezia, em Veneza, e da Faculdade de Arquitetura da Universidade de Ferrara.

O Congresso conta com patrocínio do Banco Itaú, apoio da Avianca, apoio institucional da World Trade Technical Consulting (WTTC), do Instituto das Cidades, da Smart City Expo World Congress e da Camara Oficial Española de Comercio em Brasil.

 

SERVIÇO:
Evento: I Congresso Internacional de Paisagem Urbana
Quando: 7 e 8 de dezembro de 2015
Horário: 7/12 – credenciamento a partir das 8h e abertura às 9h; 8/12 – abertura às 9h
Local: Auditório Teatro Renaissance (Alameda Santos, 2.233, São Paulo, SP)

Tags: , , , , ,

%d blogueiros gostam disto: